sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Por falar em Espirito de Natal...


Não gosto de Lamechices, estas coisas dos presentes e de todos sermos bonzinhos no natal e pensarmos nos pobrezinhos enjoa, natal deveria ser todos dias mas enfim, tambem já passei a idade de filosofar sobre estes assuntos podres da humanidade e achar que com as minhas teorias posso mudar o mundo...

Mas, algo este natal me chocou... tento por tudo, passar aos meus filhos a imagem bonita do natal, o estar reunido com a família, não ao consumismo, não às mensagens de natal solidarias que surgem nesta época e o resto do ano são esquecidas e passamos, (salvo seja), todos por cima uns dos outros)

a minha filha, penso que já captou a mensagem, mas fiquei muito triste comigo porque com a falta de tempo que temos e/ou porque ,com o segundo filho, já não pensamos tanto obcecadamente no que temos de fazer, somos mais descontraidos, acho que nos esquecemos de ir incutindo este espírito no Manel ...
fiquei verde com a resposta que o garoto me deu, quando lhe perguntei o que significava para ele o natal?
"O Natal é uma altura em que as pessoas dão presentes mais caros uma às outras porque o pai natal é rico :Z :Z :Z :Z

A minha convicção de que poderei ser uma mãe normal foi por agua abaixo :Z...

então eu esqueci-me de lavar o cérebro com aqueles conceitos certinhos ao miudo????

Pois!!!!! mas foi ... de tal modo, que quando me viu indignada me perguntou "então mãe não é verdade????"

:Z bom, vamos repor o erro, aulas de cidadania há hora de deitar... a ver se remedeio o erro gravissimo que como mãe estou a cometer...
Não!!! é que não há receitas nem moldes, e a malta educa em fases diferentes, criaturas diferentes....

Educar é tão dificil caramba....


Lembra a alguém esquecer-se de uma coisa destas?????

Ainda bem que levamos a coisa a rir... porque se nos desse para dramatizar havia de ser lindo!!!!

As pessoas erram precisamente por seram pessoas... e educar é uma sequência de erros e remediações dos erros... aliás nunca sabemos ao certo se erramos e ou se estamos a remediar bem....
precisam-se professores para ensinar pais a educar????
Socorro
ou precisa-se uma bimby que facilite a mistura dos ingredientes da educação
ou precisa-se "lembrometro" para que não falhe nada...
Quem atira a primeira pedra?????

2 comentários:

Porcelain Doll disse...

Eheheh, és tão linda amiga... o Natal devia ser todos os dias... assim como é é quase uma hipocrisia, mas... enfim, pelo menos é um exercício que talvez permita a muita gente ter um "relance" daquilo que é ser-se "bonzinho" e mesmo assim é mesmo só um relance, pois ser bonzinho tem muito que se lhe diga!! Sabes que não acredito muito nisso de se ser bonzinho... é muito mais difícil agir correctamente do que andar a dar esmolinha aos pobrezinhos e ter muita peninha das pessoas que passam fome!! Ajudar é algo muito difícil, de facto... tenho tanta pena que já tenhas passado da idade das teorias para mudar o mundo... acho que tens algumas qualidades, que tu mesma conheces, que mudariam o mundo de muita gente se as pudessem compartilhar contigo!! :-DD Mudariam mesmo o mundo!! :-))

Ahahahahah, o Manel é um alternativo, mas ele aí falou como a maioria dos bebés da idade dele falariam... :-ZZ Acho que não tens motivos para te preocupar com a educação dos teus filhos... acho que isso é mais preocupação da tua parte do que problema objectivo... nós sabemos bem que a muita gente ainda nem sequer lhe passa pela cabeça que um filho é preciso educar, outra tanta acha que educar é apenas dar uns bons açoites, enfim...

Eu acho que isto é que é ser um pai normal ahahahah :-DD!!

Acho que não só não és uma mãe normal, como és uma mãe melhor que a maioria (lá está a Leninha a ver tudo pelos seus óculos cor de rosa ahahahahah!! :-DD)... bem... é a minha opinião... de uma filha que se considera bastante bem educada, só não é mais porque NÃO QUERRR!!! :-DDD

Educar é sim, muito difícil... e sim, lembra a muita gente esquecer-se dessa e de outras coisas muito mais importantes (infelizmente, mas acho que estás tão preocupada com isso que só vens quem tu achas que educa "melhor" que tu!! :-))

Eu não atiro a primeira pedra!! Nem a segunda nem a terceira!! :-DD

Képia disse...

olha mas sabes que este teu comentário é muito motivador e simpático... porque pode não parecer mas fiquei muito preocupada e a imaginar muitas coisas futuras muito más e muito negras eheheheh....
as mães às vezes são assim fatalistas...

mas olha que a tua fez um belo trabalho, é sem duvida um exemplo a seguir...

concordo com tudo o que dizes mas às vezes do lado de cá não conseguimos ver bem as coisas como elas são.